Solidão

Desde que comecei a teclar na internet, percebi a quantidade de pessoas que por inúmeras razões sentem-se sós.
No vocabulário de língua portuguesa a palavra "solidão" significa: estado de quem se sente ou está só.
Muitos mascaram essa condição como se fosse algo pejorativo ou como que denegrisse a própria imagem.
Quando Deus criou o ser humano, ELE mesmo queria
preencher o coração do homem.
Não fomos feitos para viver isolados
por isso, a concepção do PAR.
Muitas pessoas passam por momentos em que se encontram
sozinhas, seja por força das circunstâncias
ou por escolha própria.
Estar sozinho pode ser uma experiência positiva, prazerosa
e trazer alívio emocional, desde que esteja sob
 controle do indivíduo.
A solidão não requer a falta de outras pessoas e geralmente é sentida mesmo em lugares densamente ocupados.
Pode ser descrita como a falta de identificação,
compreensão ou compaixão.
Para sentir solidão, entretanto, o indivíduo passa por
um estado de profunda separação.
Isto pode se manifestar em sentimentos de abandono, rejeição, depressão, insegurança, ansiedade, falta de esperança, inutilidade, insignificância e ressentimento.
Se tais sentimentos são prolongados eles podem se tornar debilitantes e bloquear a capacidade do indivíduo de ter um estilo de vida e relacionamentos saudáveis.
Falo por experiência própria,a perda de alguém significativo  provoca um período de lamentação, onde o indivíduo sente-se
sozinho mesmo na presença de outros.
Os meus amigos eram casais e a cada dia sentindo-me
mais deslocada fui me isolando.
A modernidade trouxe o advento da mulher sair sozinha mas a minha geração por não estar habituada fez com que eu me
"sentisse mercadoria exposta".
Óbvio que tudo depende de como se encara a vida e as festinhas familiares já não me satisfaziam.
Aprender a lidar com mudanças de estilos de vida
é essencial para superar a solidão.
A solidão ocorre com frequência em cidades densamente populosas; nestas cidades muitas pessoas podem se sentir totalmente
sozinhas e deslocadas, mesmo quando rodeadas de pessoas.
A solidão é um estado interno, a princípio um sentimento de que
 algo ou alguém está faltando.
Perceber que você está se sentindo só é muito importante
para o seu crescimento.
 Utilize desse sentimento como uma alavanca para assumir plenamente a sua vida, para agir a partir de si, fortalecer a sua base e seguir em frente, manifestando a sua própria força
dentro dos seus objetivos.
Resolvi sair do casulo e lutar por fazer o que gosto.
Tento encarar um novo modo de vida aqui na minha casinha
deixando o passado lá atrás, no seu lugar.
O momento que tenho é esse.
Lamentar em nada me dará segurança ou
firmeza para continuar.
Todo coração humano necessita de um amigo – alguém em que possa confiar. Precisamos de alguém que realmente nos conheça e nos entenda, que nos envolva com cuidados, quaisquer que
sejam nossos problemas.
Isso é inerente ao ser humano.
A necessidade do diálogo ou a presteza de uma opinião
torna-nos um pouco menos inseguros.
A insatisfação consigo e com a vida que
levamos gera a solidão.
É uma necessidade que não conseguimos superar.
Tenho tentado um antídoto aconselhado para a solidão desde que enviuvei: ocupar e esgotar todo tempo livre.
Cada vez que me sinto em sofrimento, tento ser útil.
O homem é um ser por excelência gregário, entretanto simultaneamente ele também se atrai e se repele
com a mesma facilidade,
num constante movimento de aproximação e afastamento.
Tantos chegam e passam por nossas vidas...
Os mesmos ideais ou não, mas ensinando-nos sempre,
 mesmo que demoremos a perceber.
Mesmo nessa movimentação muitas vezes
 nos sentimos sozinhos.
E como assusta essa solidão para aqueles que confundem essa intrínseca necessidade com a ausência constante ou não
de pessoas ao redor.
Quantas pessoas aceitam qualquer coisa em lugar de
nenhuma numa superficialidade de relações pelo
simples medo de estar só ?
Quantas pessoas vivem sendo criticadas pela intolerância
ao lidar com o outro unicamente pela segurança e
determinação do que é melhor para si?
Banalizam atitudes e esperanças como se não houvesse mais oportunidade de felicidade.
Acusam ou julgam por desejarmos a seletividade.
A decepção diante da vulgaridade vira depressão
quando não existe acordo.
É difícil enxergar seu mundo interior..
Muito mais difícil é vencer o medo de estar só
nesse mundo violento.
É tempo de dar as mãos e perceber que a evolução
não é igual a todos...
Uns caminham na nossa frente...
Mas todos com muitas dificuldades rumo
ao progresso interior.
Podemos nos amparar mas cada passo terá q ser dado
rigorosamente por cada um.
Sempre faltará algo exatamente porque somos egoístas.
Estou aprendendo , lutando e buscando
 o prazer ainda por mim.
Onde o virar na cama se resuma numa frase:
Eu vivi....Estou viva...
Onde renove os votos de ter podido voltar a enxergar
 e sentir a perfeição da Natureza.
Que viver só seja condição e não imposição..
Que a minha geração não se feche em tristezas, mágoas,
 infortúnios ou lamentações...
Sempre existe alguém q está com as mãos estendidas
só esperando por nós.
Nos sentiremos ÚTEIS e menos solitários.
Evitar fazer da carência ou solidão, vulgaridade
como se  aceitar fosse salvação.
Beth Nunes
 



Livro de Visitas
 

 



nuaideia2007@uol.com.br

http://www.nuaideia.com
Domínio: Beth Nunes

Copyright 2007
-2015
©
Direitos Reservados®